Quinta-feira, 30 de Setembro de 2010

As tragédias alheias são sempre banais.

A frase é de Oscar Wilde. Alguém que não foi certamente um espiríto banal. Sabia-o por experiência própria, pois conheceu a fama e o sucesso, mas também a prisão e a miséria. Os meios de comunicação inundam-nos de tragédias. Algumas pequenas e anónimas. Outras grandes e muito públicas. Mas enquanto forem as tragédias dos outros, pouco nos incomodarão. Mas quando batem à nossa porta, onde guardamos a nossa solidariedade?

Talvez o maior drama seja a indiferença em que vivemos. Mesmo quando à nossa volta o mundo parece envolto em tragédias...

manela



publicado por Naçao Valente às 21:14 | link do post | comentar | favorito

Sábado, 25 de Setembro de 2010

"Para que servem as mãos?
As mãos servem para pedir, prometer, chamar, conceder,
ameaçar, suplicar, exigir, acariciar, recusar, interrogar, admirar,
confessar, calcular, comandar, injuriar, incitar, teimar, encorajar,
acusar, condenar, absolver, perdoar, desprezar, desafiar, aplaudir,
reger, benzer, humilhar, reconciliar, exaltar, construir, trabalhar, escrever...... "
                                           Monólogo das mãos,  Giuseppe Artidoro Ghiaroni

manela



publicado por Naçao Valente às 19:17 | link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 24 de Setembro de 2010

Era uma moldura de madeira. Simples e triste. Mas agora tem outra vida. Levou três demãos de tinta e um pequeno bordado a ponto cruz. A parede ficou mais bonita. Já sabe, se tiver molduras a pedir reforma, dê-lhes uma nova oportunidade...

manela



publicado por Naçao Valente às 17:24 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 23 de Setembro de 2010

 

Estamos no fim da época do melão e por isso há que aproveitar para fazer compota. Sugiro a mistura de melão com pêssego. A base do doce é de 750 g de fruta para 500 g de açúcar e 2 limões. Descasque o melão e os pêssegos. Ponha num tacho com o açúcar, raspa e sumo de limão. Deixe repousar até derreter o açúcar. Leve ao lume até conseguir o ponto desejado.

manela



publicado por Naçao Valente às 19:28 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 16 de Setembro de 2010

Tinha uma voz poderosa. Mas o coração era fraco. Há quem diga que morreu de amor. Por Onassis, o milionário grego. Abriu caminho às divas da ópera como Joan Sutherland ou Monserrat Caballé. Saiu cedo de cena. Mas marcou a ópera com a paixão que pôs no canto e na vida.

manela

 


publicado por Naçao Valente às 21:49 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 15 de Setembro de 2010

Já lhe chamaram a rainha do crime, e ela é a prova de que o crime compensa. Quando bem escrito... Tem muitos fãs, mas também há quem lhe critique os estereotipos de vilões que criou. Se fosse viva Agatha Christie faria hoje 120 anos. Mas morreu em 1976, deixando-nos uma vasta obra policial em que Poirot é a minha personagem favorita. A sua minúcia e paixão pelos detalhes foi muito bem retratada por David Suchet em "Poirot", série iniciada em 1989 e que o canal RTP memória ainda vai transmitindo às 5ª feiras à noite. Aproveite para rever.

manela

 



publicado por Naçao Valente às 21:01 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 9 de Setembro de 2010

Na Idade Média as letras iniciais tinham um papel importante na decoração e organização dos livros manuscritos. Hoje alguns alfabetos para bordar a ponto cruz retomam a ideia das iniciais ornamentadas que fizeram a beleza de muitos desses livros. Este T decorado com um querubim dá ares de design renascentista. Mas são só ares...

manela

 

 



publicado por Naçao Valente às 22:35 | link do post | comentar | favorito

Espaço de Manuela B e dos seus trabalhos
mais sobre mim
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
28
29
30


posts recentes

Renda com pano bordado

Caixa

Bordado com renda

Outono?

Viagens gastronómicas - ...

Mar revolto

Doce de melão e amêndoa

Regresso ao passado

Vida doce

O pão

arquivos

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Setembro 2009

Agosto 2009

tags

a guerra das rosas

abril

açorda de gambas

adeptos

agatha christie

alberto caeiro

alcobaça

alentejo

alfazema

alfineteiro

andorinhas

anjos

arroz de pica no chão

arroz de sangueira

arte contemporânea

autoridade

avó

bacalhau

bandolim

barro pintado

batatas com chouriço

beverly shipko

bolinhos de gema

bolo de chocolate

bolo de chocolate e iogurte

bolo de limão

bolo de maçã

borboletário

borboletas

bordado

bordados

café

cafés

caixa

camané

camões

carving

cataplana

cataplana de corvina

celia pike

chá

chá e cultura

chefe silva

chitas

choquinhos com coentros

chuva. gene kelly

coats e clark

coelho assado

coelho com tomilho

compotas

crochet

crochet. internet

decoração de mesa

decoração de pratos

decoupage

decoupage em vidro

deus

dia de reis

digital scrap

doce de abóbora com amêndoa

doce de amora e pêssego

doce de ananás com gengibre

doce de melão e amêndoa

doce de melão e pêssego

doce de pera e uvas

doce de uvas com pêssego

embrulhos

enterro do entrudo

esparguetada de frango e orégãos

especulação

fábricas de alunos

fado

felicidade

filet

flores

frango

fred astaire

gargalhada

gatos

ghiaroni

govaert camphuysen

grão

ilustrações botânicas

internet

joana vasconcelos

lenços dos namorados

natal

páscoa

ponta de crochet

ponto cruz

primavera

projectos

provérbios

quadros com renda

quaresma

receitas

receitas de verão

renato parolin

rosas

viagens

todas as tags

favoritos

Pessoa, oitenta anos depo...

Estou na lua

Um país sem população

CONCURSO: GATO DE OURO 20...

A gata tem sete vidas...

Como eram duros os trabal...

links
participar

participe neste blog

contador

contador
links
blogs SAPO
subscrever feeds